Desiree Caetano traz título de campeã paulista de powerlifting para Ribeirão Preto


No agachamento livre, Desiree levantou 175 kg; no supino foram 125 kg e no terra 190kg

Campeã paulista de Powerlifting  2016, campeã da copa supino em Bebedouro 2016, vice campeã no desafio Ribeirão Preto in Motion – ENAF de levantamento terra 2016, campeã de Supino em 2017. São várias as vitórias de Desiree Andréa Vieira Caetano, de 29 anos. A mais recente conquista foi de campeã paulista de Powerlifting, campeonato realizado no dia 30 de setembro, em Mauá (SP).

No agachamento livre (back squat), Desiree levantou 175 kg; no supino (bench press) foram 125 kg e no terra (deadlift) 190kg.

Mas para chegar até aqui, Desiree treina há 15 anos, sendo 4 anos dedicados na modalidade powerlifting. “O treinamento é bem intenso e específico. Chego a fazer em média 7 a 8 treinos por semana”, conta.

Tudo começou diante de sua facilidade, segundo a atleta.

“Estava em um treino de crossfit e percebi que tinha facilidades com treinamento de força e explosão. Então conheci a modalidade Powerlifting.”

Todos os treinamentos são realizados com acompanhamento do técnico Mendinho Júnior e Marcelo Del Lama, responsáveis pela equipe arrebentação, e do nutricionista Gustavo Giovanni. “Faço os meus treinos na academia Triathlon e no CT Valiant. Meus técnicos passam meus treinos por e-mail e pedem que eu filme e mande para eles os últimos movimentos de cada exercício. A cada 15 dias tenho um encontro com meu nutricionista para dar meu feedback sobre a dieta e tiro minhas medidas para acompanhar minha evolução física”, explica a campeã.

Desiree faz questão de mencionar seu técnico como sua maior inspiração. “Ele encerrou sua carreira agora conquistando o 3º lugar no campeonato Mundial de Powerlifitng na Suécia. Ele é para mim uma grande inspiração.”

No Campeonato Paulista de Powerlifting o preparo de Desiree foi intenso. No último mês, o foco foi exclusivamente treinos de força voltados para o powerlifting. “Foram treinos muito longos, em média de 2 horas e meia de duração. Minha dieta também ficou bem restrita e hipercalórica. Mas, no fim, graças a Deus, valeu a pena e consegui trazer o trófeu para Ribeirão”, comemora.

Além de intensos treinos, Desiree conta também que superou várias lesões para chegar a vitória, como Hipertrofia da articulação acromioclavicular, tendinose do supraespinhal, entre outras.

 

As dificuldades financeiras também foram alguns desafios. “Infelizmente, não tenho patrocinadores, aliás, estou a procura.” A atleta afirma que este esporte não é conhecido no Brasil, enquanto que no exterior os atletas dessa modalidade são super valorizados e muito apoiados. “Já aqui no Brasil isso não acontece. As viagens, as preparações físicas, os hotéis tudo é por minha conta.”

A próxima meta de Desiree é disputar o mundial no ano que vem e, claro, trazer o título de campeã para Ribeirão Preto.

 

Títulos conquistados por Desiree

Campeã brasileira de supino em 2014

Campeã paulista de Powerlifting em 2014. Destaque de melhor atleta

Campeã copa SP de supino em 2015. Destaque de melhor atleta

Campeã Paulista de supino 2015. Destaque de melhor atleta

Campeã Paulista de Powerlifting  2016. Destaque de melhor atleta

Campeã da copa supino em Bebedoruo 2016

Vice campeã no desafio RP in Motion – ENAF de levantamento terra 2016

Campeã de Supino em 2017. Destaque de melhor atleta

Campeã Paulista de Powerlifting em 2107. Destaque de melhor atleta